2 de dez de 2016

Resenha: Um Lugar para Ficar - Deb Caletti



Titulo: Um Lugar para Ficar
Autor: Deb Caletti
Paginas: 271
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630199
Classificação:  ★★★
Sinopse:O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante...


Resenha:

- Olhe de frente para o seu medo. O medo é um grande mentiroso.

Um Lugar para Ficar nos conta a história de Clara e como foi o seu relacionamento conturbado com Christian (podemos dizer que o tema é relacionamento abusivo).
A narrativa em primeira pessoa se passa entre o passado e o presente se intercalando entre os capítulos, e apesar de ser um pouco cansativo, de certa forma faz com que você fique curioso sobre o que realmente aconteceu entre Clara e Christian, o motivo de está fugindo, porém o ruim é que quando você descobre, percebe que não é como se imagina, infelizmente eu esperava bem mais dessa leitura.

Altas expectativas tende a gerar um pouco de decepção, pois achei o Christian, muito mais dramático que propriamente ameaçador, ele é sim obsessivo isso não tenha duvidas.

E ela só da um fim nesse relacionamento quando o pai resolver dá um ultimato por notar que essa relação estava tomando um rumo perigoso e é assim que Christian mostra a loucura, e Clara junto com pai vão para Bishop Rock.

Sobre Bishop Rock a forma como foi descrita faz você querer ir pra lá passar um tempinho, afinal tem uma gaivota que quase ganha vida própria, o marinheiro bonitão Finn, lendas litorâneas, envolvendo navios naufragados e suicídios.

Confesso que acreditava que a protagonista e a historia assim como um todo fosse mais forte, mais intensa, porém não foi nada do que eu realmente esperava vide que Clara é uma adolescente de 17 anos e não uma adulta como supus. E vamos combinar que “Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante...” faz com que você fique super curiosa sobre a história.

E sim, eu recomendo para todos, pois pode ser que tenha uma visão totalmente diferente da minha e principalmente se você procura uma leitura para passar o tempo ou se distrair, mas não esperem grandes suspenses.


“Eu costumava tentar ler um livro que não estava me interessante, e, às vezes, quando me dava conta, já o tinha lido por inteiro, sempre esperando que algo diferente acontecesse no final. Talvez eu não entendesse por que me sentia assim em relação a leitura de um livro. Parece que eu tinha obrigação com o livro, com as pessoas, não importa se eram reais ou de ficção. (p. 37)

Finalmente a resenha saiu, e espero que gostem e até a próxima!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário