24 de mar de 2016

Resenha: Como Viver Eternamente - Sally Nicholls

|
Titulo: Como Viver Eternamente
Autora: Sally Nicholls
Edição: 2 
Editora: 
Geração
ISBN: 
9788561501006

Ano: 
2014
Páginas: 
232
Sinopse: Meu nome é Sam. Tenho onze anos. Coleciono histórias e fatos fantásticos. Quando você estiver lendo isso, provavelmente já estarei morto. Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.
Classificação:
⭐⭐⭐⭐⭐

Resenha:

Eu me lembro, muito bem de está no estande da Geração na Bienal de 2014 em São Paulo e ver esse livro e Malicia e ficar na dúvida e no fim acabei decidir deixar Como Viver Eternamente e me arrependo um pouco dessa decisão, mas ano passado finalmente consegui compra-lo.

E Sally me encantou com a sua escrita ainda mais sendo seu primeiro livro, quando li a sinopse jurava que teríamos muitos dramas, principalmente para um tema que ela aborda, mas pelo contrario é encantador e tocante, mas ele tem sim seu momento emocionante e triste. 
Durante a leitura você ver em uma montanha russa de sentimentos, sorrisos, lagrimas e vários pensamentos e questionamentos.

A narrativa fica por conta de Sam, em forma de diário onde temos listas, perguntas ele vai contando sua historias em capítulos curtos e passamos a conhecer Felix seu amigo que também tem câncer, Sra. Willis a professora que dar aulas para os dois em casa, Dr. Bill seu médico e Annie enfermeira com a sua rotina com os remédios e temos os pais e a irmã e a forma como eles reagem à sua doença.
Apesar de tudo Sam consegue ser um garoto maduro em relação à realidade da sua doença, ele sabe que vai morrer, porém não deixa isso abala-lo.  


A capa em azul é linda, a diagramação está ótima, assim como o tamanho da fonte, as páginas em papel amarelo. A Editora caprichou nesse livro.
Se você leu “Um Amor para Recordar” e/ou “A Culpa é das Estrelas” e gostou, com certeza irá gosta da história de Sam e se você não leu nenhum dos dois ou não gostou dessas histórias, de uma oportunidade para esse livro, aposto que não ira se arrepender de ler.

"Algumas coisas são perfeitas do início ao fim."

Bom é isso pessoal até uma próxima!!!

2 comentários:

  1. Aawwn que fofura de livro. Fiquei curiosa para ler *-*
    Bom..Te indiquei para responder a uma tag! Dá uma olhadinha lá *-*
    http://umsimplesprazer.blogspot.com.br/2016/03/tag-te-tudo-um-pouco.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su!
      Leia sim é uma ótima leitura!
      Ok, vou da uma olhadinha sim :D

      Excluir