24 de abr de 2014

Desafio Literário Descobrindo o Brasil - Quotes #3


Olá pessoal, estou aqui para mais um Desafio Literário Descobrindo o Brasil e hoje é dia de escolher quotes de um livro nacional, então vamos conferir qual livro e que quotes escolhi.





O livro que escolhi  foi o "Perdida" da Carina Rissi, (já resenhado aqui) que conta a história da Sofia e do Ian. 
Um livro  leve, simples, engraçado e que te encanta e faz deseja ter um Ian (se você como eu ainda não encontro.. rsrs)

Agora vamos aos quotes que escolhi.





Foi então que percebi que algo estava diferente. Muito, muito diferente! Olhei em volta com assombro. Meus olhos procuravam por qualquer coisa familiar. Qualquer coisa que deveria estar ali. Que deveria estar ali e que não estava.
“Contos de fadas podem se tornar realidade, Sofia. Basta que a princesa não lute contra a própria felicidade.”
— Tenho esperanças de que você encontre o cara certo um dia desses, sabia? Já tá na hora de viver uma história de amor de verdade e esquecer as dos livros. Acho que vai ser divertido ver como você vai se sair quando se apaixonar pela primeira vez.
— Eu já me apaixonei uma vez! E não tem nada de errado em gostar de ler histórias de amor, pelo menos nos livros elas têm final feliz! Não machucam ninguém.
Está na hora de começar a crer que existem mais coisas no universo além daquelas que os seus olhos podem ver. E finalmente começar a viver sua vida! Você sempre a deixou para depois, esperando que ela acontecesse, mas nunca fez nenhum esforço para isso.”
Os poucos dias que passei ao seu lado foram os mais preciosos de minha existência. Então, agradeço todas as noites por tê-la em minha vida, (...).
E você não está perdida. Está exatamente onde deveria estar.
— E o que você procurava? - perguntou Ian.
Levantei os olhos e o encarei por um tempo. Como demorei tanto para perceber que aqueles olhos eram a porta de entrada para minha felicidade? Por que não vi logo de cara que Ian era… meu?— Você - eu disse […] - Parece maluco, mas eu procurava por você sem saber disso.
E se por sorte, algum dia puder vir a ler estas linhas, não te esqueças que a amei desde o primeiro instante e a amarei até o último. Talvez até depois.

É isso, espero que gostem, comentem e até a próxima  

Nenhum comentário:

Postar um comentário